Desenvolvimento Econômico | 17/11/2021

BIKE - Atleta de Louveira finaliza ultramaratona internacional com percurso de 600 km ao longo de 7 dias no Sul da Bahia

Além da distância, prova teve 13 mil metros de altimetria acumulada, que é quantidade de metros acumulados que o atleta percorre verticalmente entre os pontos do percurso (considerando a altitude de cada trecho em relação ao nível do mar)

O atleta de Louveira Jean Regorão, de 46 anos, concluiu no último final de semana a 11ª Edição da ultramaratona internacional Brasil Ride Bahia 2021, prova de ciclismo mountain bike que teve percurso de 600 km em meio a terrenos acidentados, estradas de terra e muita natureza na região Sul da Bahia.

A prova, que é considerada uma das mais importantes e desafiadoras do mundo, começou no dia 7 de novembro e foi finalizada no dia 13 entre Arraial D’Ajuda, em Porto Seguro, no litoral baiano, e o município de Guaratinga, no interior do estado.

Cerca de 600 atletas de vários países participaram o evento. Eles passaram as noites em barracas cedidas pela organização, que também cuidava da alimentação e do transporte de bagagens entre as localidades percorridas.

Além dos 600 km percorridos, a prova ainda teve cerca de 13 mil metros de altimetria acumulada, que é quantidade de metros acumulados que o atleta percorre verticalmente entre os pontos do percurso (levando em consideração a altitude de cada trecho em relação ao nível do mar).

Essa foi a segunda participação do atleta louveirense na ultramaratona. Ele participou da prova na categoria máster e em dupla com o atleta paulistano Mauro Maia

A estrutura disponibilizada pela organização, comparada apenas às maiores ultramaratonas do mundo, fornece aos competidores tudo o que é necessário; pontos de hidratação, alimentação, acampamento, suporte técnico e suporte médico enquanto os atletas se preocupam somente com o que mais gostam de fazer, pedalar. Cada dia de prova tem em média 80 a 100 quilômetros de percurso.

"Participar da Brasil Ride foi um grande desafio. O objetivo foi realmente ser ‘finisher’ e concluir as sete etapas da ultramaratona. Conciliar o trabalho com os treinos de alta intensidade só é possível com o apoio da família, dos amigos e dos apoiadores”, destaca o atleta, que também é servidor da Secretaria de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura de Louveira.

Ao final da competição, o atleta louveirense recebeu uma camiseta e medalha de “finisher” da competição.

Disputada sempre em equipes, a Brasil Ride tem as categorias OPEN, FEMININA, MISTA, MASTER (nenhum atleta com menos de 40 anos na categoria Master), GRANDMASTER (nenhum atleta com menos de 50 anos), NELORE (acima de 90kg), CORPORATIVA (3 integrantes com no mínimo 35 anos e a soma das idades igual ou superior a 115 anos) e IRON RIDER.