Desenvolvimento Econômico | 13/09/2023

Agro: ações de fomento realizadas pela Prefeitura são razões para Louveira celebrar Dia do Agrônomo

​Em Louveira, a Prefeitura mantém programas sólidos de incentivo à produção rural, e que acontecem com importante interligação entre o aproveitamento dos recursos naturais e o equilíbrio ambiental

Louveira tem um dos grandes destaques do desenvolvimento econômico no setor agrícola, em especial, o de fruticultura. O município faz parte do Circuito das Frutas, reconhecido no Estado e em todo o Brasil por ser uma região de cultivo de uva, caqui, lichia, pêssego, entre outras. E para valorizar a produção, a Prefeitura mantém sólidos programas de incentivo que são parte das políticas públicas de fomento à agricultura e que são verdadeiras razões para que se se possa celebrar neste dia 13 de setembro o Dia do Agrônomo.

“A agricultura é parte da história de Louveira, e desenvolvemos aqui programas que incentivam o trabalho rural, mas, principalmente, aliando o aproveitamento dos recursos naturais com equilíbrio ambiental. Temos características naturais de solo e clima que são propícios para o cultivo das frutas, principalmente da uva, porém não queremos realizar o trabalho a qualquer custa e sim preservar os recursos naturais que temos a cidade, preservar as nossas áreas verdes. Temos essa premissa de cuidado com o Meio Ambiente, que é muito forte em todos os nossos programas”, disse o Prefeito, Estanislau Steck.

Para valorizar essa característica do município, a Prefeitura mantém, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, programas de subsídios e ações que, por consequência, valorizam o trabalho dos profissionais do setor, como no caso dos agrônomos, celebrados nesta data. Louveira tem um profissional que atua por meio da Associação dos Produtores Rurais, juntamente com dois engenheiros agrícolas, nos programas de fomento ao agro.

O apoio ao setor é viabilizado por meio de subsídios, investimentos e programas como Promif, Incentivo ao Cultivo Protegido, Pagamento de Serviços Ambientais, Jovem Agricultor do Futuro, além da construção da Usina de Suco, e fomento à agricultura familiar com a Feira do Produtor, entre outro ações.

Um dos mais sólidos programas é o Promif (Programa Municipal de Incentivo a Fruticultura). De acordo com a Divisão da agricultura, vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, o Promif atende hoje a 100% dos agricultores que solicitaram o subsídio junto à Prefeitura, somando cerca de 150 propriedades.

E com foco na preservação ambiental a partir de boas práticas agrícolas, a Prefeitura também mantém o Programa de Pagamento de Serviços Ambientais (PSA). Ligado à Secretaria de Gestão Ambiental, subsidia as propriedades que cumprem os requisitos voltados à preservação dos recursos naturais, como conservação de nascentes e de árvores nativas.

Além destes programas que são tradicionais na cidade, a Prefeitura implantou neste ano de 2023 o Programa de Incentivo ao Cultivo Protegido. Trata-se de um subsídio para que o produtor possa adquirir telas proteção para a lavoura contra intempéries e ataque de pássaros. Para tanto, a Prefeitura disponibilizou recursos de até R$ 500 mil. O auxílio para cada produtor é de até 50% do investimento feito na lavoura e limitado ao valor de R$ 30 mil por ano.

Outra grande novidade é a construção da Usina de Suco de Uva, que está sendo construída no CAP (Centro de Apoio do Produtor), no Barreiro, e que será uma importante aliada para os produtores rurais no sentido de viabilizar o aproveitamento das frutas não comercializadas na colheita.  

Em paralelo aos programas, a atual gestão a aumentou para 20% o valor do prêmio do Seguro Agrícola, que era de 15% e atua de forma intensa para implantação do selo de inspeção de qualidade dos produtos. Como tradição, Louveira promove o Dia da Colheita, festa para celebrar a colheita no final do ano; além de isenção de IPTU por atividade agropecuária, serviço de análise de solo e recomendação agrícola. Também há a participação ativa dos agricultores na Festa da Uva e Expo Caqui e nos processos de chamamento público para aquisição de alimentos da agricultura familiar para merenda escolar. Vale ressaltar ainda a estrutura da Associação do Produtores Rurais, que presta serviços gratuitos aos agricultores (serviço de mecanização agrícola, consultoria agronômica, disponibilização de material triturado para cobertura de solo).

Formação Profissional

O apoio ao setor agrícola em Louveira começa desde o incentivo aos jovens à produção. Desenvolvido em parceria com o Senar SP e Sindicato Rural de Jundiaí, o Programa Jovem Agricultor do Futuro, tem recebido importantes investimentos em sua estrutura por parte da Prefeitura. O programa tem por objetivo desenvolver nos jovens habilidades sociais que promovem as dimensões pessoais, cidadãs e profissionais por meio de ensinamentos de cultivo da terra, com técnica de plantação de horticultura no terreno experimental do CAP (Centro de apoio ao Produtor), no Barreiro.

Hoje são 15 jovens atendidos em Louveira, com idades entre 14 a 17 anos. Além da atuação em sala de aula, os alunos aplicam na prática o conhecimento adquirido, com a plantação de diversidade de verduras, comercializadas por eles, e cuja renda é dividida entre todos. O programa atende aos jovens com transporte, alimentação, uniformes, e certificado reconhecido pelo MEC (Ministério da Educação). No CAP, os alunos têm acesso à equipamentos agrícolas, sistema de irrigação automático, sala de aula com Datashow e oportunidades de vivenciar na prática experiências com o trabalho agrícola.