Saúde | 21/01/2021

Técnico de enfermagem de 59 anos é o primeiro vacinado contra a covid-19 em Louveira

Jorge Francisco de Lima trabalha desde março de 2020 no atendimento de pacientes com covid-19 na cidade

A Prefeitura de Louveira inicou na manhã desta quinta-feira (21), na Santa Casa, a vacinação dos profissionais de saúde contra a covid-19.

O Município recebeu 440 doses do imunizante Coronavac, produzido pelo Instituto Butantan, em parceria com o laboratório Sinovac.

Na primeira etapa estão sendo vacinados os profissionais de saúde que atuam na linha de frente do combate à doença.

O técnico de enfermagem Jorge Francisco de Lima, de 59 anos, foi o primeiro a ser vacinado. Ele trabalha desde março de 2020 no atendimento de pacientes com codid-19 na cidade. "É uma experiência gratificante e uma honra ter sido escolhido para ser o primeiro a receber a vacina na cidade. Temos batalhado muito contra o vírus desde o começo da pandemia e agora passamos a ter esperança de dia melhores", disse.

Quem aplicou a primeira dose da vacina foi a técnica de enfermagem Maria Regina Mathias Vendemate, que também trabalha na linha de frente do combate ao vírus desde o ano passado. A chegada da vacina nos dá esperança novamente. Passamos por dias muito angustiantes, convivendo com pessoas sofrendo, famílias inteiras sofrendo. A gente sofre junto, mas agora existe esperança de dias melhores", disse.

O prefeito Estanislau Steck acompanhou o início das imunizações com o vice, Ricardo Barbosa. "É um momeento importante e histórico para nossa cidade. Fico muito satisfeito com o início da vacinação e espero que todos que estiverem nos grupos indicados aproveitem a oportunidade e tomem a vacina. Ela é a forma mais segura de nos protegermos desse doença", disse.

Depois da primeira aplicação, outros funcionários de saúde também foram imunizados. A quantidade de doses enviadas neste primeiro lote para Louveira atende a pouco menos da metade dos profissionais de saúde da cidade. A Secretaria de Saúde espera por uma nova remessa para ampliar a vacinação para os demais tranalhadores da saúde.

A vacinação para a população ainda depende de confirmação do envio de novas doses de imunizante. A campanha será iniciada com os idosos acima de 75 anos. Os postos de vacinação serão as UBSs da cidade e um posto em sistema de drive thru em local ainda em avaliação.