Saúde | 29/12/2021

SAÚDE - Prefeitura terá centro de atendimento exclusivo para casos de gripe a partir de sábado (1) no prédio do CRL

Gripário vai funcionar todos os dias da semana, entre 7h e 21h, no local do antigo Hospital de Campanha, apenas para pacientes com sintomas gripais

A Prefeitura de Louveira terá um centro de atendimento exclusivo para casos de gripe na cidade funcionando a partir do próximo sábado (1). 

A medida foi tomada devido ao aumento significativo dos casos de sintomas de gripe, que estão sobrecarregando nos últimos dias os serviços de pronto-socorro da Santa Casa e do Pronto Atendimento do Santo Antônio, que atendem hoje essa demanda na rede pública da cidade. 

O gripário está sendo instalado no prédio do CRL (Centro de Reabilitação de Louveira), ao lado da Santa Casa, onde funcionava o Hospital de Campanha para covid-19. Ele vai atender pacientes todos os dias da semana, das 7h às 21h.

O local terá apenas atendimento de pronto-socorro.

Qualquer pessoa com sintoma gripal, suspeita de covid-19 ou com diagnóstico positivo para o coronavírus e que não esteja se sentindo bem pode procurar a unidade. Não é necessário agendamento.

A Unidade contará com equipe médica, enfermagem, recepcionistas, técnico de enfermagem e toda estrutura para acolhimento. Apenas os atendimentos pediátricos continuarão na Santa Casa e no PA Santo Antônio.

Com a medida, a Secretaria de Saúde espera desafogar o movimento no PS da Santa Casa e no PA Santo Antônio, que estão recebendo grande quantidade de pessoas diariamente.

A estimativa é de que tenha dobrado a procura por atendimento de pacientes com sintomas de gripe na cidade nos últimos dias, assim como tem acontecido em todos os municípios da região.

A Secretaria de Saúde informa que está trabalhando com as equipes completas de médicos e demais técnicos nos dois locais (Santa Casa e PA Santo Antônio), e em ambos está disponibilizando reforços emergenciais para dar conta de toda a demanda.

"Temos visto um aumento considerável na média de atendimentos desdes dois locais de pessoas que comparecem com sintomas gripais e testam negativo para covid-19. Este é um indício de que o surto de gripe já está em nossa região", afirma a secretária de Saúde, Mary Guiomar Almeida Rocha.

A orientação é para que os moradores procurem atendimento médico assim que apresentarem sintomas de gripe.

Proteção

A Vigilância Epidemiológica ressalta que para se proteger do novo vírus, os moradores devem manter e intensificar os mesmos protocolos de prevenção à covid-19: uso de máscaras, higienização das mãos e distanciamento social.

H3N2

O H3N2 é um subtipo do Influenza A, que já causou epidemias no Rio de Janeiro e em São Paulo. Surtos também foram registrados em Salvador e Manaus. Há grande número de casos em cidades da região.

Apesar do vírus estar presente na composição da vacina utilizada contra a gripe, esta variante não está coberta pela vacina da gripe que foi administrada este ano na população de risco.

A letalidade do H3N2 é menor quando comparada a grupos de risco da covid-19, porém, os sintomas clínicos da gripe são semelhantes:

- febre alta
- calafrios
- dor de cabeça 
- mal-estar
- dor de garganta 
- falta de ar 

Vacina

A vacina contra a gripe que vinha sendo aplicada no Estado de São Paulo não é eficaz contra o vírus H3N2, segundo técnicos da secretaria de Saúde. 

Além disso, todas as doses enviadas ao Município já foram utilizadas. A Saúde aguarda o envio de novas doses pelo Estado para retomar a vacinação.

Segundo a Secretária de Saúde, 83,48% da população com mais de 6 meses foi vacinada contra a gripe em Louveira em 2021.

Covid-19

A vacinação contra a covid-19 em Louveira atingiu cerca de 99% da população com 12 anos ou mais com a aplicação de primeira dose.

Já a segunda dose já oi aplicada em cerca de 91% da população.

Nesta quarta-feira (29), o Centro de Vacinação de Covid-19 (CVC), montado na Área de Lazer do Trabalhador, vai funcionar até 19h30 para aplicação de primeira, segunda e terceira doses. Não é necessário agendamento.

Basta levar a carteira de vacinação e um documento pessoal com foto.