Saúde | 04/01/2022

SAÚDE - Centro de Atendimento para sintomas respiratórios recebe, em média, 177 pacientes por dia em Louveira

Funcionamento é das 7h às 21h todos os dias da semana no CRL

O Centro de Atendimento de Síndromes Respiratórias de Louveira, exclusivo para pacientes com sintomas gripais, inaugurado no último sábado (1) para atender casos de gripe e covid-19, tem atendido, em média, 177 pessoas por dia.

O local chegou a receber, apenas na segunda-feira (3), 249 pacientes com sintomas de gripe. Isso representa 18 pessoas atendidas por hora, ou um paciente a cada três minutos e meio. No sábado (1), dia da abertura, foram 106 atendimentos, e no domingo (2), 175.

O centro de atendimento foi instalado pela Prefeitura e pela Santa Casa no Centro de Reabilitação de Louveira (CRL), no mesmo espaço onde funcionava o Hospital de Campanha, devido ao aumento nos casos de gripe e também de covid-19 nos últimos dias. 

A estimativa é de que tenha dobrado a procura por atendimento de pacientes com sintomas respiratórios na cidade nas últimas duas semanas, assim como tem acontecido em todos os municípios da região.

Além disso, as festas de final de ano, que promoveram reuniões familiares e festas com grandes quantidades de pessoas, também ajudam a agravar o cenário. Muitas pessoas optaram por não utilizar as máscaras e por deixar de lado cuidados para evitar o contágio, como o distanciamento social.

A média de 177 pacientes por dia no início de trabalho do novo centro de atendimento é superior à média registrada em todos os meses de atendimento no ano de 2021, tempo em que o Hospital de Campanha funcionou e o Município enfrentou uma fase aguda de casos da pandemia de covid-19. Os números dos três dias do novo centro superam, inclusive, o movimento de alguns meses inteiros de 2021 no Hospital de Campanha.

Até 10h desta terça-feira (4), 58 pessoas já tinham passado pelo atendimento no centro. Ao todo, dois pacientes tiveram que ser internados com casos mais graves.

O grande número de pacientes estava sobrecarregando a Santa Casa e o Pronto Atendimento do Santo Antônio, que eram os responsáveis por esses casos.

Também chamado de Gripário, o espaço funciona no mesmo local onde ficava o Hospital de Campanha, criado durante o pico da pandemia de covid-19 para dar suporte ao sistema de saúde da cidade.

Horário de funcionamento

O Centro de Atendimento fica aberto todos os dias, das 7h às 21h, e só recebe as pessoas com sintomas de gripe. Os casos mais graves são encaminhados para a Santa Casa. Apenas os atendimentos pediátricos continuam na Santa Casa e no PA Santo Antônio.

Estrutura

A estrutura de atendimento no centro possui consultórios exclusivos, salas com poltrona de medicação e dois leitos para observação de pacientes.

O centro opera com a equipe completa para atendimento de pronto-socorro e não há necessidade do agendamento.

Orientação

A orientação dos profissionais de saúde é para que os moradores procurem atendimento médico assim que apresentarem sintomas de gripe.

Há também a recomendação para que, se possível, o paciente não leve acompanhante durante sai passagem pelo Gripário. O objetivo é evitar aglomerações no atendimento.

 A Vigilância Epidemiológica orienta que os moradores devem intensificar os protocolos de prevenção à covid-19: uso de máscaras, higienização das mãos e distanciamento social. Tais cuidados podem ajudar a prevenir tanto o vírus da covid-19 quanto o vírus H3N2.

Farmácia

A Farmácia que está instalada no CRL para retirada de medicamentos também funciona em horários especiais, das 9h às 21h, para atender os pacientes que passam pelo Centro de Atendimento.

H3N2

O H3N2 é um subtipo do Influenza A, que já causou epidemias no Rio de Janeiro e em São Paulo. Surtos também foram registrados em Salvador e Manaus. Há grande número de casos em cidades da região. Apesar do vírus estar presente na composição da vacina utilizada contra a gripe, esta variante não está coberta pela vacina da gripe que foi administrada este ano na população de risco. A letalidade do H3N2 é menor quando comparada a grupos de risco da covid-19, porém, os sintomas clínicos da gripe são semelhantes:

- febre alta

- calafrios

- dor de cabeça

- mal-estar

- dor de garganta

- falta de ar

Vacina

A vacina contra a gripe que vinha sendo aplicada no Estado de São Paulo não é eficaz contra o vírus H3N2, segundo técnicos da secretaria de Saúde.

Além disso, todas as doses enviadas ao Município já foram utilizadas. A Saúde aguarda o envio de novas doses pelo Estado para retomar a vacinação.

Segundo a Secretária de Saúde, 83,48% da população com mais de 6 meses foi vacinada contra a gripe em Louveira em 2021.

Covid-19

A vacinação contra a covid-19 em Louveira atingiu cerca de 99% da população com 12 anos ou mais com a aplicação de primeira dose. Já a segunda dose já foi aplicada em cerca de 91% da população. Nesta terça-feira (04), o Centro de Vacinação de Covid-19 (CVC), montado na Área de Lazer do Trabalhador, vai funcionar até 19h30 para aplicação de primeira, segunda e terceira doses.

O CVC fica aberto para atendimento todos os dias das 8h30 às 15h30, exceto às terças-feiras, quando o atendimento é prorrogado até 19h30 para atender as pessoas que trabalham e têm dificuldade em ir ao local durante o horário de expediente. Não é necessário agendamento.

Basta levar a carteira de vacinação e um documento pessoal com foto.