Educação | 30/11/2022

Referência em qualidade na Educação Municipal, Louveira tem 85% dos professores com pós-graduação, incluindo mestrado e doutorad

Ainda, coordenadores e diretores também se destacam na formação educacional com cursos de mestrado e doutorado, sempre com o objetivo de proporcionar ainda mais qualidade ao processo educacional dos alunos da Rede Municipal

Dados da Secretaria de Educação da Prefeitura de Louveira apontam que 85% dos professores da Rede Municipal de Ensino na cidade possuem formação além da graduação, com cursos de pós, mestrado e doutorado, o que eleva o grau de qualidade do processo educacional que tem sido aplicado na cidade, sobretudo nos últimos 2 anos, incluindo os esforços e investimentos para a aplicação complementar dos conteúdos para recuperação do período prejudicado pelas fases mais críticas da Pandemia. 320 professores, de um total de 378 efetivos, têm pós graduação e, alguns, até, mestrado e doutorado, que consolidam o alto grau de formação dos profissionais da Rede Municipal. Isso sem contar os coordenadores e diretores que, também, se destacam na formação educacional com cursos de mestrado e doutorado, sempre com o objetivo de proporcionar ainda mais qualidade ao processo educacional dos alunos da Rede Municipal.

"É importante esta valorização dos nossos profissionais da Educação, que se dedicam em suas formações, tem competência e, dia a dia, entregam aos nossos alunos o que os pais e responsáveis esperam da Educação da nossa cidade: toda dedicação, empenho e qualidade na formação educacional dos nossos alunos", afirmou o prefeito Estanislau Steck.

Nestes 2 últimos anos, conquistas importantes foram implantadas na gestão do prefeito Estanislau Steck na área da Educação de Louveira. Cada professor recebeu um notebook para os trabalhos em sala de aula e, também, para a preparação do conteúdo. Este equipamento é de uso diário do professor e só será devolvido à Prefeitura quando o professor aposentar ou sair da Rede Municipal de Ensino.

Além dos notebooks, também foram entregues tablets a todos os alunos da Fase 5 (antiga pré-escola) e do Fundamental, 1º ao 5º ano, totalizando mais de 4 mil tablets de investimentos para as práticas pedagógicas.

Programas importantes educacionais foram aprimorados, como o Projeto Musicalização e Expressão, assim como novos como o Projeto Território da Leitura, que incentivam os alunos do 1º ao 5º ano ao contato a obras literárias, com investimentos que, inclusive, colaboram na recuperação dos conteúdos prejudicados pelas fases mais críticas da Pandemia nos 2 últimos anos. 

“Temos também priorizado as formações continuadas, com periodicidade mensal, junto aos professores, assim como a retomada da Semana da Educação, sempre com palestras, cursos de capacitação e aprimoramento, com enfoque contínuo na qualidade do processo educacional para nossos alunos, em valorização constante, também, dos nossos profissionais de Educação”, reforça a secretária de Educação, Maria Luciane Felipe de Paula que, ainda, lembrou sobre a criação do email institucional para cada professor, integrado ao notebook, ,como ação importante de integração e comunicação interna.