Segurança | 11/09/2023

Prefeitura realiza reunião para alinhar o papel de cada órgão durante o Simulado de Acidente de Trânsito Envolvendo Produtos Per

Ação acontece em 22 de setembro na Estrada Miguel Bossi

Nesta segunda-feira (11), a Prefeitura de Louveira, por meio da Secretaria de Segurança, realizou mais uma reunião do Simulado de Acidente de Trânsito Envolvendo Produtos Perigosos que acontece em 22 de setembro. O objetivo do encontro foi definir e alinhar o papel de cada órgão para a simulação.  A iniciativa é conjunta com as secretarias de Saúde, Gestão Ambiental e Serviços Públicos, com apoio da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal, Equipe de Trânsito, RINEM - Rede Integrada de Emergências e Helicóptero Águia. 

Estiveram presentes os representantes da Secretaria de Segurança, Secretaria de Gestão de Projetos e Programas, Secretaria de Água e Esgoto, Secretaria de Saúde, Irmandade Santa Casa, da empresa São Joaquim Transportes, Rota das Bandeiras, RINEM - Rede Integrada de Emergências e Helicóptero Águia e CETESB - Companhia Ambiental do Estado de São Paulo.

A simulação inicia com a Divisão de Trânsito isolando a área, a Guarda Municipal acionando outros órgãos, o estabelecimento de um posto de comando, a retirada das vítimas e a contenção do vazamento. A Santa Casa vai prestar atendimento às vítimas conforme avaliação, a Secretaria de Água e Esgoto avalia os riscos de contaminação da água e implementa medidas para proteger as fontes de água potável, a Secretaria de Serviços Públicos tem o papel de apoiar na limpeza e remoção dos resíduos resultantes do acidente e restaurar as condições normais do local e a Secretaria de Gestão Ambiental avalia os danos ambientais causados pelos produtos perigosos. Além da identificação de zonas de trabalho, sendo elas:

Zona Quente - área diretamente afetada pelo produto (onde as equipes de intervenção agem)
Zona Morna - área intermediária de descontaminação e corredor de redução da contaminação.
Zona Fria - área isenta de contaminação e exposição aos riscos (onde as equipes de apoio agem)
Zona de Exclusão - aérea na qual devem permanecer as pessoas não envolvidas na resposta emergencial (população e imprensa)

Juntamente com planejamento das ações de resposta, como a ação defensiva (não intervir no cenário), ação ofensiva (aproximação/contato com produto vazado) ações de primeira entrada como: monitorar as concentrações de produtos no ambiente; resgate de vítimas; identificação dos produtos envolvidos no acidente; identificar os meios atingidos pelo produto (ar, água, solo, fauna, flora); reavaliar os limites das zonas de trabalho; estimar a quantidade vazada/derramada; avaliar as condições de carga, das embalagens e das unidades de transportes, definir ação para contenção e confinamento do vazado/derramado e coletar amostras (quando necessário).
O produto será de perfumaria, referente a circulação habitual da substância visto que o município é polo de diversas indústrias com produtos farmacêuticos, além do combustível do veículo. 

A simulação do acidente acontecerá no bairro Guembê, onde o cenário será um caminhão, que transita pela Estrada Miguel Bossi, tem sua frente atingida por um veículo de passeio que subia a via, forçando o motorista do caminhão a frear bruscamente e causando outra colisão junto ao veículo de passeio que vinha atrás e não teve tempo hábil para frear. Com o impacto na parte traseira, o caminhão tem seu tanque de transporte danificado, causando o vazamento do produto carregado.

Toda a ação será documentada e postada posteriormente nos canais oficiais da prefeitura. Ela será usada como parâmetro para protocolo de atendimento, e após a simulação haverá uma reunião para discutir quais aspectos podem ser melhorados.