Serviços Públicos | 21/07/2020

Prefeitura realiza ações de combate a queimadas em Louveira com a Brigada de Incêndio

Com objetivo de proporcionar segurança a população e reforçar a proteção ambiental, em 2014 a Brigada de Incêndio de Louveira foi criada pela Prefeitura.

A atuação da Brigada é na prevenção e combate a incêndios, prestação de primeiros socorros, evacuação de ambientes, avaliação dos riscos existentes, inspeção geral de rota de fuga, apoio ao Corpo de Bombeiros, supervisão de eventos e de educação junto a Secretaria de Gestão Ambiental.

A Brigada conta com brigadistas capacitados e também com Bombeiro Profissional Civil. O combate é feito com o apoio de três caminhões pipa, com capacidades de nove mil, oito mil e quatro mil litros de água, além de uma viatura operacional com tração nas quatro rodas e guincho. A equipe também possui uniformes e equipamentos de proteção individuais apropriados para o combate à incêndios florestais.

Período de estiagem

No mês de julho inicia o período de estiagem e as queimadas tendem a aumentar. Neste período, a Prefeitura de Louveira realiza campanha contra a queimada, alertando a população sobre os riscos e a penalidade de colocar fogo em terrenos.

Queimada e coronavírus

Durante o momento de pandemia do novo coronavírus é mais um motivo para ter cuidado com o meio ambiente e a saúde da população. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a fumaça produzida pela queimada produz substâncias químicas que ficam na terra e nas plantas, expondo as pessoas ao risco de adoecerem tanto pela inalação quanto pela ingestão de alimentos contaminados e podendo agravar os sintomas da Covid-19 como tosse e dificuldade para respirar.

A inalação da fumaça proveniente das queimadas pode afetar muito a saúde das pessoas, como dor e ardência na garganta, tosse seca, cansaço, falta de ar, dificuldade para respirar, dor de cabeça, rouquidão e lacrimejamento e vermelhidão nos olhos. Além disso, também pode agravar doenças respiratórias, como asma, bronquite, rinite e doença pulmonar obstrutiva e crônica (DPOC).

Queimada é crime

Atear fogo em terrenos é crime conforme a Lei de Crimes Ambientais, que prevê pena de multa e detenção. Pode ser enquadrado nesse crime quem causar poluição de qualquer natureza em níveis que possam resultar em danos à saúde humana ou que provoquem a mortandade de animais; ou ainda a destruição da flora.

A Guarda Municipal recebe as denúncias pelo telefone 3878-1512.