Governo | 15/03/2021

PANDEMIA - Louveira entra na Fase Emergencial na segunda; veja como ficam serviços da Prefeitura

Medidas mais rigorosas incluem Prefeitura fechada, toque de recolher e restrições ampliadas no comércio

Louveira entra na Fase Emergencial do Plano São Paulo a partir desta segunda-feira (15) junto com os municípios do Estado de São Paulo. A medida foi anunciada na última quinta-feira (11) como forma de ampliar as restrições para circulação das pessoas no Estado e tentar conter o avanço dos casos de internação e morte pela covid-19.

Uma das medidas anunciadas é o fechamento da Prefeitura durante esse período. Pelas novas regras, todas as repartições da Administração Pública, seja Federal, Estadual ou Municipal, devem adotar o trabalho remoto a partir do dia 15.  

"A Prefeitura de Louveira, como de praxe, vai seguir o Plano São Paulo. Com exceção das áreas essenciais: Saúde, Serviços Públicos, Assistência Social e Segurança todos as demais áreas do Governo executará os trabalhos de forma remota. Qualquer excepcional deverá ser tratada com o Secretário de Governo", disse o secretário de Administração, Marcelo Souza.

Medidas

As medidas que entram em vigor são mais rigorosas do que a Fase Vermelha. Entre as mudanças, se destaca o toque de recolher determinado para todo o Estado e que vale em todos os dias da semana, entre 20h e 5h. As novas medidas valem, inicialmente, até o dia 30 de março.

Escritórios e estabelecimentos de comércio e serviço também devem ficar fechados. Confira detalhes das novas restrições em estabelecimentos comerciais e de serviços na Fase Emergencial.

Veja abaixo o que abre e o que fecha:

OUVIDORIA - A Ouvidoria da Prefeitura foi reforçada e vai continuar trabalhando durante a Fase Emergencial. Assim como os serviços de Água e Esgoto e Serviços Públicos. 

• E-mail: ouvidoria@louveira.sp.gov.br
• Telefone: 0800 77 222 45
• Telefone: 3878-9700
• WhatsAPP: 19 99899-1140 
• Formulário Eletrônico: https://louveira.sp.gov.br/contato
• Aplicativo: Cartão Cidadão (Android) (iOS
• Presencial: Paço Municipal das 9h às 16h
• Carta: Rua Catharina Calssavara Caldana, 451 - Leitão - Louveira/SP 

SERVIÇO PÚBLICO - Para solicitação de serviços como manutenção de estrada, iluminação pública, tapa-buraco, entre outros, o morador pode entrar em contato pelo telefone (19) 3878-9900. O horário de atendimento é entre 7h e 16h. No caso do aplicativo do Cartão Cidadão, o morador deve baixar o aplicativo, clicar na aba “solicitações” e será exibido na tela ícones com as opções de serviços. A partir desta etapa basta clicar em “criar nova solicitação” e preencher as informações necessárias para cada situação.

ÁGUA E ESGOTO  – O tratamento de água e esgoto e a manutenção das redes funciona normalmente. Serviços administrativos estão suspensos. Solicitações de serviços diversos como revisão de tarifa, troca de hidrômetro, entre outros, devem ser feitos pelo site da Prefeitura de Louveira ou pelo e-mail sae.adm.valeria@louveira.sp.gov.br. Atendimentos para emergências como vazamentos ou falta de água serão feitos das 8h às 17h, pelos números 0800-774-4377 e (19) 3878-1418.

SAÚDE - Locais de vacinação, telefones para agendamento e informações:

- CS III - UBS Dra. Lucilene Mosca Melin
Telefone: (19) 3948-5311.

- UBS 21 de Março
Telefone: (19) 3878-0728.

- UBS Monterrey
Telefone: (19) 3878-5236.

- UBS Antônio Carlos dos Santos (PAS)
Telefones: (19) 3848-1062 / 3848-1201.

- UBS Burck
Telefone: (19) 3878-0411.

- UBS Vista Alegre
Telefone: (19) 3848-4172.

SEGURANÇA – Atendimento presencial na secretaria será das 9h às 14. Telefone: (19) 3848-4191.

Guarda Municipal: 3878-1512

Defesa Civil – 3848-3097

Trânsito: 3848-4145

Ouvidoria: 3848-4191

ESCRITÓRIOS EM GERAL E ATIVIDADES ADMINISTRATIVAS - Obrigatoriedade de teletrabalho (home office).

COMÉRCIO DE MATERIAL DE CONSTRUÇÃO - Proibido o funcionamento e atendimento  presencial, mas ficam liberados os serviços de retirada por clientes com veículo (drive-thru) e entrega na casa do comprador (delivery).

ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS (COMÉRCIO EM GERAL) - Somente entrega (delivery) e retirada de automóvel (drive-thru), com proibição de retirada de produtos no local.

REPARTIÇÕES DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA - Obrigatoriedade de teletrabalho (home office).

RESTAURANTES, EMPÓRIOS, BARES E PADARIAS - Somente entrega (delivery) e retirada de automóvel (drive-thru), com proibição de retirada de produtos no local. Mercearias e padarias podem funcionar seguindo as regras de supermercados, com proibição de consumo no local.

PESQUEIROS - Fechados, inclusive a área de pesca.

TRANSPORTE COLETIVO - Recomendação de escalonamento de horário para os trabalhadores da indústria, serviços e comércio. Os horários de entrada indicados são das 5h às 7h para profissionais da indústria, 7h às 9h para os de serviços e 9h às 11h para os do comércio.

EDUCAÇÃO ESTADUAL E PRIVADA - Recesso da rede estadual por 15 dias, com recomendação para que escolas municipais e privadas sigam o mesmo procedimento.

EDUCAÇÃO MUNICIPAL - Aulas presenciais suspensas.

COMÉRCIO DE PRODUTOS ELETRÔNICOS - Somente entrega (delivery) e retirada de automóvel (drive-thru), com proibição de retirada de produtos no local.

SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - Obrigatoriedade de teletrabalho (home office). 

SUPERMERCADOS - Recomendação de escalonamento de horário para os funcionários utilizarem o transporte público para irem ao trabalho (9h às 11h).

HOTELARIA - Proibição de funcionamento de restaurantes, bares e áreas comuns dos hotéis. Alimentação permitida somente nos quartos.

ESPORTES - Atividades coletivas profissionais e amadoras suspensas.

TELECOMUNICAÇÕES - Teletrabalho (home office) obrigatório para funcionários de empresas de telecomunicação.

FEIRAS LIVRES - as feiras noturnas ficam suspensas.entre 15 e 30 de março. As feiras do periodo diurno estão mantidas.

LOJAS DE SUPLEMENTOS - Podem abrir.

ATIVIDADES RELIGIOSAS - Proibição de realização de atividades coletivas como missas e cultos, mas permissão para que templos, igrejas e espaços religiosos fiquem abertos para manifestações individuais de fé.

* Com informações da Secom (Secretaria de Comunicação do Governo do Estado de São Paulo)