Desenvolvimento Urbano | 07/07/2021

OBRAS – Prefeitura inicia concretagem de fundação do muro de arrimo na Estrada Pau a Pique

Estrutura vai dar suporte às obras de infraestrutura e recapeamento da Rua D

A Prefeitura de Louveira iniciou, nesta terça-feira (6), a etapa de concretagem da base do muro de arrimo que está sendo construído na Estrada Pau a Pique. A estrutura, que 80 metros de extensão e altura variável entre 2,8 e 6 metros, dará suporte às obras de infraestrutura e recapeamento da Rua D. 

A previsão da Secretaria de Desenvolvimento Urbano é que o muro seja concluído em cerca de 15 dias. 

Desde o início do ano, as obras de infraestrutura na região, que são coordenadas pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano, prosseguem em ritmo acelerado.

Na última semana, a Prefeitura realizou a pavimentação da Rua E do Núcleo 1 e mais uma etapa da concretagem do reservatório que atenderá o local. Com capacidade para armazenar até 230m3 de água tratada, o novo equipamento vai garantir mais segurança hídrica para os moradores da região.

“Nós estávamos precisando das ruas asfaltadas porque enfrentamos muitas dificuldades quando chove. É muito ruim para nós e perigoso para os idosos e grávidas que moram aqui, as pessoas correm risco de escorregar e se machucar. Estou muito feliz e satisfeita com o serviço, me sinto representada pela nova gestão da cidade, por atenderem nossas necessidades”, disse Deolice Miranda de Jesus, moradora da Rua E.

No final do mês de abril, a Prefeitura finalizou a etapa de pavimentação das ruas A, B e C do Núcleo 2 e, em maio, concluiu a fase de construção das calçadas, guias e sarjetas.  Em 8 de junho a Rua G do Núcleo 1 foi pavimentada. 

Infraestrutura
 
Antes da capa asfáltica, as vias também passaram por obras de infraestrutura com a implantação de redes de água e esgoto e do sistema de drenagem de águas pluviais.  Após o encerramento das obras, as vias serão sinalizadas pelo Departamento de Trânsito, da Secretaria de Segurança Pública. 

“Melhorou bastante, agora está 1.000%. Estávamos há anos passando por essa dificuldade. Eu nasci e fui criado aqui e só agora, aos meus 51 anos de idade, que estamos recebendo esse serviço”, disse Mauro Donizete de Jesus. 

As obras de infraestrutura são parte do processo de regularização fundiária dos núcleos 1 e 2, em andamento na FumHab.