Saúde | 26/11/2015

Louveira intensifica combate a dengue

Nebulização

A Vigilância em Saúde está com várias ações pela cidade, eliminando criadouros do mosquito e prevenindo a população sobre os riscos da doença

A Secretaria da Saúde de Louveira, por meio da Vigilância em Saúde (Visa) vem realizando continuamente o trabalho de combate a dengue no município.

A cidade deve se manter em alerta e em constante campanha contra a doença. O mosquito pode estar por toda a cidade, por isso a necessidade de acabar com os criadouros. “Combater a dengue é um dever de todos, é importante que os moradores continuem atentos na eliminação dos possíveis criadouros dentro das casas, nos quintais e terrenos”, alerta técnicos da Vigilância em Saúde.

Para intensificar a prevenção ao mosquito, a Visa realiza atividades de rotina como visitas casa a casa; a pontos estratégicos onde há maior circulação dos vetores, como por exemplo, borracharias, e imóveis especiais com grande circulação de pessoas, como escolas e prédios públicos por exemplo. (Veja descrição das ações abaixo).

ADL
Uma das ações de controle é chamada de ADL (Avaliação Densidade Larvária), que consiste na determinação da infestação de larvas do mosquito em uma determinada área. Pontos estratégicos são visitados periodicamente pelos agentes. São considerados prioridades: borracharias, cemitérios e depósito de material reciclável, onde o número de criadouros geralmente é maior. Também é feito tratamento com larvicida biológico quando necessário, diminuindo ainda mais o risco de proliferação do mosquito.

Imóveis especiais
São locais onde existe grande número de frequentadores do mosquito como escolas e prédios públicos. Esta ação é importante por conta da disseminação do vírus devido à alta rotatividade de pessoas.

Bloqueio e controle
A partir de um caso suspeito delimita-se uma área onde os agentes visitam imóveis e terrenos baldios, eliminando os prováveis criadouros. Em conjunto, trabalhamos na busca ativa de pessoas com sintomas e dando a orientação necessária.

Nebulização
A partir de um caso confirmado fazemos a nebulização que, dependendo do tamanho geográfico e tipo da área, pode sofrer nebulização leve (feita com máquinas motorizadas) dentro do imóvel ou a nebulização veicular (onde o carro da vigilância passa nas ruas dos bairros com máquina acoplada fazendo o trabalho).

Semana Estadual de Mobilização contra a Dengue

Desde a última segunda-feira, 23, até esta sexta-feira,27, acontece a Semana Estadual de Mobilização contra a Dengue, cujos principais objetivos são estimular a participação da população na eliminação de criadouros do Aedes aegypti e também orientar a população quanto à procura de um serviço de saúde quando apresentar os sinais e sintomas da doença.

Os sintomas da dengue são febre, dor de cabeça, dor atrás dos olhos, dor no corpo, dor nas juntas, enjôo, vômito e vermelhidão pelo corpo. Ainda não existe tratamento e vacina contra a doença, mas é muito importante o paciente com suspeita de Dengue ser acompanhado por uma equipe de saúde para evitar complicações e até mesmo a morte.

Também é muito importante que cada cidadão faça sua parte, evitando acúmulo de água em recipientes, garrafas, pneus, vasos de plantas, calhas e caixas d´água sem tampa, o que favorece a proliferação do mosquito.