Saúde | 28/12/2021

INFLUENZA - Saúde orienta moradores com sintomas gripais a procurar atendimento no PA Santo Antônio ou na Santa Casa

Vírus H3N2 causa sintomas parecidos com os da covid-19; Vigilância em Saúde ressalta importância dos protocolos de prevenção como uso de máscaras, higienização das mãos e distanciamento social

Diante do aumento dos casos de gripe no Estado de São Paulo, causado pelo vírus H3N2, a Secretaria de Saúde de Louveira pede aos moradores que procurem por atendimento médico imediato na Santa Casa ou no Pronto Atendimento (PA) do Santo Antônio no caso apresentarem sintomas como febre, coriza, dor de cabeça, dor de garganta ou falta de ar. Os dois locais oferecem atendimento 24 horas. 

"Temos visto um aumento considerável na média de atendimentos desdes dois locais de pessoas que comparecem com sintomas gripais e testam negativo para covid-19. Este é um indício de que o surto de gripe já está em nossa região", afirma a secretária de Saúde, Mary Guiomar Almeida Rocha.

A Vigilância Epidemiológica ressalta que para se proteger do novo vírus, os moradores devem manter e intensificar os mesmos protocolos de prevenção à covid-19: uso de máscaras, higienização das mãos e distanciamento social.

H3N2

O H3N2 é um subtipo do Influenza A, que já causou uma epidemia no Rio de Janeiro, recentemente. Surtos também foram registrados em Salvador e Manaus. Há grande número de casos em São Paulo e em cidades da região.

Apesar do vírus estar presente na composição da vacina utilizada contra a gripe, esta variante não está coberta pela vacina da gripe que foi administrada este ano na população de risco.

A letalidade do H3N2 é menor quando comparada a grupos de risco da covid-19, porém, os sintomas clínicos da gripe são semelhantes:

- febre alta
- calafrios
- dor de cabeça 
- mal-estar
- dor de garganta 
- falta de ar 

A Secretaria de Saúde pede que, em caso de sintomas, os moradores procurem por atendimento médico o mais breve possível.

Em caso de dúvidas, os moradores podem entrar em contato diretamente com a Vigilância em Saúde pelos números (19) 3878-2323 e (19) 3878-3630 ou pelo whatsapp (19) 99760-3670.