Educação | 21/10/2016

IDEB atesta qualidade do ensino em Louveira

IDEB

Cidade ficou acima da média, com nota 7.0

Os investimentos maciços em Educação nos últimos anos reflete diretamente na qualidade do ensino oferecido em Louveira. A aplicação correta dos recursos utilizados no setor rendeu ao município a nota 7.0 no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), referente a 2015, sendo a melhor avaliada entre as cidades do Aglomerado Urbano de Jundiaí. De acordo com o IDEB esta era a meta projetada para Louveira para 2021. Com planejamento e investimentos certeiros, a Prefeitura antecipou o resultado, assegurando a qualidade da educação oferecida na rede municipal de ensino.

A última avaliação, referente a 2013, era de 6.6, já acima da meta projetada para aquele ano.O bom resultado alcançado em 2015 é fruto de vários fatores atrelados à capacitação dos profissionais da Educação e à melhoria da qualidade dos recursos utilizados no ensino, como livros, projetor digital interativo e apostilas.

Os principais pontos a serem destacados para alcançar o novo índice foram: a aquisição de material didático de qualidade, atendendo aos anseios dos profissionais da área; orientação pedagógica pontual; edição de lei para regulamentação da jornada de trabalho do professor; integração e acolhimento dos profissionais; adequação do espaço, com atenção ao número de alunos em sala de aula; utilização dos resultados apontados por IDEB, SARESP, ANA e Prova Louveira, que foram norteadores para a prática pedagógica; olhar diferenciado para o ensino em período integral; políticas públicas para inserção dos alunos com necessidades especiais e o investimento na criança desde a primeira infância.

Mesmo com os resultados positivos, a Prefeitura entende que a atenção à Educação deve ser permanente, com a busca contínua pela humanização no setor e foco nas crianças e no fortalecimento das parcerias entre os profissionais, comunidade e outros.

Hoje, Louveira conta com nove Unidades Educacionais de Ensino Fundamental. São 142 salas de aula, 191 professores, contando com os de Educação Física, Artes e Educação Especial. A rede municipal de ensino conta com cerca de 3.100 alunos.