Saúde | 05/12/2023

Hospital Santo Antônio de Louveira vai gerar mais qualidade e oferta de serviços de saúde

Hospital contará com atendimento para adultos e crianças, leitos de internação e observação, atendimento odontológico de urgência, administração de medicações, exames para apoio de diagnóstico e pequenos procedimentos

Com atendimento para adultos e crianças, leitos de internação e observação, atendimento odontológico de urgência, administração de medicações, exames para apoio de diagnóstico e pequenos procedimentos, o Hospital Santo Antônio de Louveira está em obras para gerar ainda mais qualidade e oferta de serviços de saúde para a cidade, principalmente no bairro Santo Antônio devido a sua localização. 

Segundo a secretária de Saúde, Marcia Bevilacqua, o projeto do Hospital Santo Antônio foi elaborado de modo a oferecer à população, principalmente a do bairro Santo Antônio, um ambiente acolhedor, com entradas separadas para pacientes adultos e crianças, contando com ala infantil temática e brinquedoteca. 

O Hospital, de acordo com a secretária Marcia, irá compor a Rede Hospitalar Louveira, que tem o objetivo de realizar os atendimentos conforme o nível de classificação dos casos, trazendo mais eficiência, melhor tempo de atendimento e qualidade no serviço. O Hospital Santo Antônio ficará responsável pelo atendimento de casos de baixa complexidade, e em casos de média complexidade, os pacientes serão encaminhados para a Santa Casa. Deste modo, o fluxo é diluído entre os dois locais, proporcionando melhores condições de atendimento, como menos filas, mais equipamentos e mais profissionais disponíveis.

Marcia ainda acrescenta que, a Rede Hospitalar Louveira, foi criada para que também os recursos profissionais e tecnológicos possam ser melhor utilizados, garantindo excelência ao atender os pacientes. A Prefeitura de Louveira, por meio da Secretaria de Saúde, acompanha de perto o andamento das obras, dos processos de aquisição de materiais, o mobiliário e até os equipamentos médicos que atenderão a sala de emergência e estabilização. 

Durante a obra, para não prejudicar os pacientes, a secretária explica que os atendimentos que seriam realizados no CEMO foram encaminhados para o Ambulatório de Especialidades Médicas e em algumas Unidades Básicas de Saúde (UBS) que possuem equipamentos para casos odontológicos. Quando as obras iniciarem no espaço do Pronto Atendimento (P.A), para não prejudicar os pacientes, os atendimentos passarão a ser realizados no prédio localizado na Rua Antônio Chicalhone, número 279, que foi totalmente readequado e reformado, e após a conclusão da obra do hospital, o local passará a ser o novo prédio da Vigilância em Saúde. A Prefeitura vai informar nos canais oficiais quando será realizada esta mudança temporária.