Saúde | 06/07/2023

Com trabalho técnico, Vigilância em Saúde promove prevenção contra doenças para os moradores em Louveira

Com foco em ações de prevenção para a saúde pública, a Prefeitura de Louveira, por meio da Vigilância em Saúde, realiza trabalhos diários, que vão desde controle epidemiológico até em promover adesão às normas e regulamentos. O objetivo da Vigilância em Saúde é garantir, principalmente de forma preventiva, o bem-estar da população.

“A Vigilância é um pilar essencial para promover saúde para todos, pois pelo trabalho realizado, é possível evitar uma série de problemas que poderiam ocorrer, incluindo epidemias de doenças, evitadas através de campanhas de vacinação, problemas com insetos, que são evitados através de controles de criadouros, e ações de conscientização e educação para crianças e adultos”, disse o prefeito de Louveira, Estanislau Steck.

Entre as ações realizadas no dia a dia, a Vigilância em Saúde está presente nas ações contra diversas doenças, atuando no monitoramento de casos, prevenção de saúde em animais, controle de insetos como escorpiões e aranhas e sendo o meio para garantir o acesso da população a vacinas. Através de normas e regulamentos, a Vigilância atua na regularização de estabelecimentos e comércios em Louveira, de modo que estejam de acordo com as regras de saúde.

“O trabalho realizado pela Vigilância em Saúde é essencial para a preservação da saúde e do bem-estar dos moradores. É graças ao trabalho de vigilância ativa que conseguimos identificar precocemente possíveis ameaças à saúde pública, prevenir a propagação de doenças e adotar medidas de controle eficazes. O serviço é realizado em conjunto com o Governo do Estado e Federal, no qual os municípios se unem para trabalhar em objetivos comuns”, explica a Diretora da Vigilância em Saúde, Erica Pin.

Na época em que a pandemia de Covid-19 estava mais intensificada, entre as ações da Vigilância em Saúde foi realizada a participação no Comitê Municipal para decisões das ações de acordo com a situação da cidade. Houve trabalhos intensos nos estabelecimentos, com distribuição e orientações de álcool em gel e máscaras principalmente nos bairros com maior número de casos, detectado graças ao trabalho de monitoramento constante. Além disso, foi monitorado os casos internados e domiciliares em relação ao isolamento e estado geral, foi criado o Centro de Testagem para facilitar o acesso ao morador, vacinação em massa por meio de sistema drive thru e busca ativa. Para prevenir novos casos, a Vigilância esteve presente no trabalho de comunicação nas mídias da Prefeitura de Louveira.

Em combate a dengue, a Vigilância em Saúde esteve atuando na linha de frente em trabalhos educativos nas escolas com teatro infantil, passeata na rua envolvendo alunos, participação no bairro a bairro e todos os eventos da Prefeitura para realizar orientações para os moradores. Diariamente é realizada a busca ativa de criadouros do mosquito, de modo a eliminá-los e orientar a população sobre os cuidados necessários. Através do monitoramento de onde os casos de dengue surgem, a Vigilância intensifica o trabalho nos locais onde o mosquito é mais presente.

Em combate a Febre Maculosa, a Vigilância em Saúde passou orientações para os funcionários da Litucera que são roçadores na última sexta-feira (30), de modo a instruí-los a se protegerem durante o serviço. O Parque Luigi Martini, localizado na Represa do Córrego Fetá, foi preventivamente interditado para análise, agora está aberto novamente. Foi realizada a gravação de vídeos para orientação da população geral, alunos e professores, além do monitoramento de casos suspeitos.

“A Vigilância em Saúde exerce um papel essencial em Louveira, principalmente na prevenção, que é um dos principais meios de se proteger contra diversas doenças. Com trabalho técnico, é garantido a segurança e eficiência dos serviços realizados”, disse a secretária de Saúde, Marcia Bevilacqua.

Em caso de necessidade, a Vigilância em Saúde pode ser contatada pelo telefone (19) 3878-2323.