Gestão Ambiental | 11/07/2023

Ampliação de Investimentos ambientais diferenciam políticas públicas em Louveira no ano de 2023

Com investimentos aliados ao meio ambiente, a Prefeitura de Louveira, por meio da Secretaria de Gestão Ambiental, realizou uma série de ações no primeiro semestre de 2023 que geram a preservação da natureza, da fauna e bem-estar para a população e animais de estimação. Entre os destaques, está a inauguração do Centro de Educação Ambiental Tabarana, do Programa Banco de Ração, plantios de novas árvores, ações de conscientização ambiental com crianças e adultos, incentivos econômicos para a preservação de vegetação nativa com o Programa de Pagamentos por Serviços Ambientais, aquisição de novo equipamento que acelera o replantio de árvores e avanços no inventário de arborização urbana de Louveira.

“A responsabilidade ambiental é um dever de todos, no qual a Prefeitura, instituições, empresas e a população trabalhando em conjunto para a proteção e preservação da natureza, vamos obter resultados cada vez melhores. Promover projetos, programas e ações interativas com crianças e a população em geral, são ações que geram benefícios para a atual e futuras gerações, de modo que, todos podem contar com os recursos importantes como a água, boa qualidade de ar e conforto térmico. Agora a Secretaria de Gestão Ambiental está situada em um novo endereço, contando com um espaço adequado para desenvolver as ações, novos projetos e para atender a população”, disse o prefeito de Louveira, Estanislau Steck.

Dentro das celebrações do aniversário de 58 anos de Louveira, foi inaugurado o Centro de Educação Ambiental Tabarana (CEA Tabarana). O objetivo do espaço é compartilhar conhecimento sobre o meio ambiente para moradores de todas as idades. O CEA Tabarana proporciona cursos de capacitação, como recém finalizado o curso de Criação de Abelhas Nativas Sem Ferrão, e sediou o evento de Mutirão de Cadastro Ambiental Rural (CAR) em parceria com a Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI) de Campinas. Além disso, através deste espaço é coordenado outras ações que envolvem a população, como caminhadas ecológicas e oficinas com crianças. 

Com o objetivo de gerar suporte para protetores, ONGs e pessoas em vulnerabilidade social que cuidam de pets, a Prefeitura anunciou o Programa Banco de Ração, no qual, através de doações, arrecada recursos como ração, brinquedos, casinhas, bolsa de transporte entre outros que auxiliam no cuidado dos animais e realiza a distribuição para pessoas e organizações que participam do Programa. Em junho, a empresa Adimax realizou uma doação de 1 tonelada de ração, sendo 800kg para cães e 200kg para gatos. 

Também dentro das celebrações de 58 anos de Louveira, a Prefeitura realizou o plantio especial de 58 mudas de árvores nativas, uma para cada ano. 

No Dia Mundial do Meio Ambiente, em 5 de junho, foi realizado uma ação de plantio nas escolas municipais com os alunos, que além de ouvirem sobre a importância das árvores e de como cuidar da natureza, participaram da atividade prática do plantio, sendo auxiliados pelos professores e profissionais da Secretaria de Gestão Ambiental. 

Louveira participou da 2ª Conferência pelo Clima entre Municípios Vizinhos, realizada em 7 de junho, na Ciesp em Jundiaí. A conferência contempla uma programação de palestras, análises, apresentação de projetos e estudos para a área ambiental dos municípios. A primeira edição foi em Louveira no ano passado, na Fazenda Santo Antônio.

A Prefeitura, com o Bem-Estar Animal de Louveira, oferta atendimento veterinário gratuito. O serviço conta com consultas, vacinas, castração, microchipagem e disponibiliza animais para doação. Todos os animais disponíveis para adoção são castrados, microchipados, vermifugados e com todas as vacinas em dia.

As caminhadas ecológicas realizadas com a participação da população, resultaram em mais de 500kg de resíduos retirados das ruas. O objetivo das caminhadas é aliar a prática de esporte com a conscientização ambiental, na qual os participantes recolhem resíduos na via enquanto caminham. 

A Prefeitura realiza o Programa de Coleta Seletiva, que através de um cronograma que abrange 100% da cidade, recolhe os resíduos das moradias e realiza a destinação ecologicamente correta através da Cooperativa de Reciclagem Recomeço. Para isso, são distribuídos sacos verdes, utilizados para os moradores depositarem os resíduos gerados no dia a dia. Com foco na eficiência na utilização dos recursos públicos, a Prefeitura de Louveira, por meio da Secretaria de Gestão Ambiental, realiza o controle de compra e distribuição dos sacos verdes de reciclagem, gerando uma economia de 1 milhão e 400 mil reais por ano.

Como forma de incentivo para a preservação do meio ambiente, a Prefeitura realiza o Programa de Pagamento por Serviços Ambientais (PSA). Para cada hectare de mata preservada ou recuperada, o proprietário recebe pagamentos anuais. Sendo também um dos requisitos para o Promif, a adesão ao programa é voluntária. 

Em promoção do bem-estar ao ar livre, a Prefeitura continua avançando no inventário da arborização urbana da cidade. Até o mês de maio, foi realizado o inventário de 4.000 árvores. No início do mês, os técnicos da Secretaria realizaram um treinamento para utilizar um software de arborização urbana, que vai otimizar a gestão. Para agilizar o procedimento de replantar árvores que estão em locais inadequados, foi realizado o investimento em um equipamento chamado destocador. O objetivo do inventário da arborização urbana é elaborar políticas públicas, fazer a gestão das árvores nas calçadas do município e dimensionar o patrimônio arbóreo da cidade. 

Promovendo conscientização sobre meio ambiente na  53ª Festa da Uva e 9ª Expo Caqui, stands da Secretaria de Gestão Ambiental e Educação, compartilharam informações sobre o Projeto Tabarana e reciclagem. Um vídeo foi exibido no stand mostrando o caminho do descarte de resíduos, desde a coleta pelo caminhão da coleta seletiva até o encaminhamento ao Centro de Gerenciamento de Resíduos da Cooperativa Recomeço. Outro destaque que chamou a atenção dos visitantes, foram as esculturas do peixe Tabarana, confeccionadas pelos alunos da Rede Municipal, que faz alusão ao nome do projeto que um dos objetivos é despoluir o Rio Capivari, onde vivia o peixe antes da poluição. O principal objetivo é conscientizar a população sobre a importância e como colaborar com a reciclagem correta, de modo que, cada um fazendo a sua parte, a sociedade em conjunto gera benefícios para o município e para a natureza.

Com o objetivo de proporcionar à população um ambiente propício, adequado e otimizado para as ações ambientais realizadas à população, a Secretaria de Gestão Ambiental, desde o final do mês de junho está em um novo endereço, localizado na rua Ângelo Steck, n410, bairro Vila Nova, esquina com a Rodovia Romildo Prado. 

“Com essa nova infraestrutura vamos contar com espaço adequado para atender a população com ainda mais qualidade e atenção. Estamos trabalhando em novos programas e na otimização dos que já estão em funcionamento”, disse a secretária de Gestão Ambiental, Rose Celidonio.

A Prefeitura de Louveira vai divulgar no site (louveira.sp.gov.br) e nas redes sociais os próximos avanços e investimentos na área ambiental.