Água e Esgoto | 10/05/2021

ÁGUA - Com previsão de estiagem severa, Louveira lança campanha sobre consumo consciente e combate ao desperdício

Objetivo é sensibilizar a população e reduzir consumo em momento de previsão de chuvas nos próximos meses; primeiro trimestre já foi um dos mais secos dos últimos anos

A Prefeitura de Louveira lança nos próximos dias a campanha "Trate a Água com Carinho" para alertar a população sobre a importância do consumo consciente e do combate ao desperdício de água.

Com base no baixo volume de chuvas registrado no primeiro trimestre de 2021 - que ficou abaixo do período pré-crise hídrica, em 2013 -, o Consórcio Intermunicipal das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (PCJ) prevê um ano de estiagem severa.

Segundo alerta emitido pelo Consórcio, as chuvas registrados nos meses de janeiro, fevereiro e março - considerados de maior incidência de chuvas - ficaram 20% abaixo da média histórica, o que tem prejudicado o Sistema Cantareira, o principal manancial de abastecimento da região.

De acordo com o alerta, a vazão média (volume de água que passa pelos rios) nos três primeiros meses do ano foi a menor das últimas duas décadas, com exceção dos anos de 2014 e 2015, quando foi registrada a maior estiagem desde 1930 do quadro no ano de 2022.

Para o Consórcio, os dados preocupam, já que nos últimos quatro anos o índice de chuvas também ficou abaixo do esperado. Caso o cenário persista e medidas de contenção não sejam tomadas, as cidades atendidas pelo Sistema Cantareira podem sofrer com desabastecimento ainda em 2021, com agravamento em 2022.

Com o intuito de minimizar as possibilidades de reflexos diretos da estiagem nas torneiras dos moradores da cidade de Louveira, a Prefeitura vai distribuir folhetos da campanha em locais de grande circulação e disseminar mensagens de conscientização pela redes sociais.

A ação também contará com outros tipos de divulgação, como tótens espalhados pela cidade e envio de conteúdo para os veículos de imprensa, entre outros.

A Prefeitura de Louveira ressalta que as ações para minimizar os problemas da estiagem são complementares e dependem, fundamentalmente, do comprometimento da sociedade. 

Volume de chuvas 

Até a primeira quinzena do mês de abril foram registrados apenas 4,2 milímetros de chuvas na região do Cantareira, o que representa 4,8% do esperado para o mês. Nas Bacias PCJ, as chuvas foram de apenas 8 milímetros no período, o que representa somente 11,8% do total esperado e resulta em déficit de 88,2%.

Vale ressaltar que o mês de abril marca historicamente o início do decréscimo do volume das chuvas na região das Bacias PCJ, reduzindo também a capacidade de recuperação dos reservatórios.

Os dados influenciam significativamente o comportamento do Sistema Cantareira, que está operando com volumes de armazenamento abaixo do recomendado para o período. O ideal seria terminar o primeiro trimestre de 2021 com o volume de reservação de água próximo a 70% (faixa normal), porém, o Sistema registrou, durante o mês de abril, 52% de volume (faixa de atenção).

No mesmo período do ano passado, o Cantareira operava com 63,7% de seu volume útil. A vazão média de afluência ao Sistema também está abaixo do normal, a vazão média registrada em abril, até o dia 17, representava 30% da média histórica para o mês. 

O Consórcio PCJ ressalta que, caso este cenário prevaleça, não atingiremos em 2021 os volumes mínimos necessários de armazenamento de água para garantir segurança hídrica ao Sistema Cantareira, o que resultará em intenso estresse hídrico já em 2021, com reflexos também para o próximo ano.

Confira algumas dicas simples para economizar água em casa

1 – O banho deve ser rápido. Se o tempo passar de 15 para 5 minutos, cerca de 90 litros de água podem ser economizados.

2 – Feche o chuveiro quando estiver se ensaboando. Isso reduz o tempo do banho e economiza cerca de 80 litros de água.

3 – É possível economizar ao desligar o chuveiro enquanto lava o cabelo.

4 – Fazer a barba em 5 minutos gasta 12 litros de água. Fazer a barba no chuveiro diminui o consumo para 2 litros.

5 – Economize mais de 11 litros de água escovando os dentes com a torneira fechada.

6 – Além de manter a torneira fechada enquanto escova os dentes, utilize um copo de água para enxaguar a boca.

7 – Mantenha um balde no chuveiro para reter a água que corre até que ela aqueça. Utilize esta água para lavar o banheiro, a cozinha e até para regar plantas.

8 – Não utilize o vaso sanitário como lixeira. Jogue papel higiênico, algodão, absorvente e qualquer outro resíduo no lixo.

9 – Não use a descarga se não houver necessidade. Cada vez que ela é acionada por seis segundos, o gasto é de 10 a 14 litros de água.

10 – Verifique se não há vazamentos. Um buraco de dois milímetros no encanamento desperdiça cerca de três caixas d’água de mil litros.

Fonte: Governo do Estado dre São Paulo (https://www.saopaulo.sp.gov.br/ultimas-noticias/veja-10-dicas-para-economizar-agua-no-banheiro/#:~:text=1%20%E2%80%93%20O%20banho%20deve%20ser,de%2080%20litros%20de%20%C3%A1gua).